Fale com o governo

Inova Brasília premia ações empreendedoras de servidores do DF

Práticas empreendedoras dentro do serviço público ganharam destaque, nesta quinta-feira (26), com a entrega do Prêmio Inova Brasília. A iniciativa do Executivo local, criada para valorizar a excelência no trabalho prestado na administração pública, contemplou quatro ações inovadoras.

Os trabalhos, produzidos por servidores de várias secretarias, foram escolhidos pelo seu impacto na melhoria do atendimento ao público em setores essenciais, como o da saúde e o da limpeza urbana.

É o caso da Receita Simples, que facilitou a vida de pacientes com dificuldade de leitura na Unidade Básica de Saúde 2 do Itapoã. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU), também premiado, criou um sistema que moderniza e dá transparência ao trabalho de equipe, inclusive a coleta de resíduos sólidos.

O projeto de escuta qualificada de servidores que atuam no sistema socioeducativo, outro vencedor, mudou a rotina nas unidades de atendimento.  Na categoria Práticas transformadoras, o primeiro lugar foi para um aplicativo que reúne todos os protocolos e manuais de Serviço de Controle de Infecção Hospitalar.

Distribuída em quatro categorias, a premiação levou em consideração:

  • O atendimento ao cidadão
  • O uso eficiente dos recursos públicos
  • A valorização do servidor
  • As práticas transformadoras

O Inova Brasília é organizado pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. A cerimônia de premiação ocorreu no Cine Brasília (106/107 Sul). A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro brindou os presentes com a execução de clássicos do cinema.

A titular da pasta de Planejamento, Leany Lemos, falou com entusiasmo do nível e importância dos concorrentes. “Estou muito feliz com essa premiação. É gratificante ver essa sala cheia de servidores para o reconhecimento do trabalho feito dentro do serviço público”, disse.

Prestigiaram também o evento a colaboradora do governo Márcia Rollemberg e os secretários de Educação (Júlio Gregório Filho);  do Esporte, Turismo e Lazer (Leila Barros); de Gestão do Território e Habitação (Thiago Teixeira de Andrade); o adjunto de Assistência à Saúde (Daniel Seabra); e o adjunto de Relações Institucionais e Sociais, Igor Tokarski.

Criado pelo Decreto nº 37.648, de 2016, o prêmio tem como principal objetivo reconhecer os resultados produzidos por serviços públicos de qualidade, com redução de gastos e satisfação da sociedade.

Além do reconhecimento de cada atividade, as iniciativas escolhidas receberam a quantia de R$ 5 mil cada uma. Os recursos são do Fundo Pró-Gestão, que tem por fim criar ações de desenvolvimento e capacitação de recursos humanos, com foco na melhoria do atendimento ao público.

Os premiados de cada categoria

Atendimento ao cidadão — Receita médica simplificada. Uma ideia que melhora o tratamento e resulta em mais qualidade de vida para os pacientes com dificuldade de leitura na Unidade Básica de Saúde (UBS) 2 do Itapoã. Para que eles saibam a hora certa de tomar o remédio, a fórmula adota cores e outros sinais para substituir as tradicionais anotações na receita.

Uso eficiente dos recursos públicos — O Sistema de Gestão Integrada do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) modernizou e deu mais transparência ao trabalho da equipe. Trata-se de um sistema tecnológico para monitorar, computar e armazenar dados do setor, como a pesagem dos resíduos sólidos. Instituiu também o monitoramento de GPS dos caminhões de coleta.

Valorização do servidor — Clinica do trabalho na medida socioeducativa. A escuta qualificada de servidores que trabalham no sistema mudou a rotina nas unidades de atendimento. A coleta de dados, na primeira etapa do projeto, constatou, por exemplo, que cerca de 30% dos afastamentos de servidores eram por depressão, e outros quase 25%, por ansiedade.

Práticas transformadoras — Prevenção de infecção no Hran. Um aplicativo, criado pela médica infectologista Ana Helena Brito, reúne todos os protocolos e manuais que o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), precisa informar às diversas áreas da unidade de saúde.

 

Mapa do Site Dúvidas frequentes Comunicar erros