Fale com o governo

Governo fortalece conselho que analisa processos de empresas do Pró-DF

As empresas que integram o Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal (Pró-DF) devem ter processos analisados com mais eficiência e rapidez.

Nesta quinta-feira (27), o governador Rodrigo Rollemberg assinou um decreto que faz com que as decisões do Conselho de Gestão do Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do DF (Copep) sejam a última instância na análise de processos.

O conselho é responsável pela aprovação de financiamentos e análise de benefícios fiscais referentes a empresas inseridas no Pró-DF. Tem 35 componentes, representantes do governo de Brasília e do setor produtivo.

“As mudanças nas regras do Copep são um passo importante para a melhoria do ambiente econômico do DF. Essa parceria com o setor produtivo e com os trabalhadores é fundamental para retomarmos a rota do desenvolvimento”, disse Rollemberg, em reunião com empresários no Palácio do Buriti.

Segundo a Secretaria de Economia e Desenvolvimento Sustentável, cerca de 400 empresas aguardam a análise de projetos de viabilidade.

O que é o Pró-DF

Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal visa ao desenvolvimento econômico e social e à geração de emprego, renda e receita tributária. Um dos benefícios do Pró-DF é a disponibilização, por meio de financiamento, de lotes para empresários em áreas de desenvolvimento econômico.

 

Mapa do Site Dúvidas frequentes Comunicar erros