Fale com o governo

Leilão de bens ociosos do governo

Veículos ociosos ou antieconômicos, sucata e outros objetos serão leiloados pelo Governo de Brasília. Serão negociados 121 lotes de bens inservíveis. O pagamento deverá ser feito à vista, em dinheiro ou cheque, e no ato da arrematação. Sobre o valor arrematado, serão adicionados 5% correspondentes à comissão da leiloeira e ao imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços (ICMS). Se quem oferecer o maior lance for pessoa jurídica, será necessário apresentar o cartão do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e a inscrição estadual — ou a fotocópia autenticada desses documentos.

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Os bens estarão expostos de 16 a 25 de fevereiro, das 9 às 16 horas, nos dias úteis. Entre os menores lances iniciais previstos estão duas motos Honda XLR 125, cada uma avaliada em R$ 300. Já os maiores valores de início correspondem a caminhões Mercedes-Benz, de diferentes modelos, cotados a R$ 14 mil.

Há também um grande número de carros no catálogo, como um Mitsubishi MMC L200, ano 2012/2013, com lance a partir de R$ 9,5 mil, e um Palio Weekend EX, ano 2003/2004, com oferta inicial de R$ 3,5 mil.

O aviso de leilão foi publicado na Seção 3 do Diário Oficial do Distrito Federal de quarta-feira (10). A lista dos bens a serem vendidos e os endereços onde eles ficarão expostos podem ser encontrados no Catálogo Oficial de Leilão nº 1/2016.

Leilão nº 1/2016
Em 26 de fevereiro (sexta-feira)
Às 9 horas
No depósito de bens da Secretaria de Planejamento (SIA Trecho 1, Lotes 460/490).
Exposição: de 16 a 25 de fevereiro, das 9 às 16 horas, nos dias úteis
Informações: (61) 3224-6033 ou (61) 3322-1342 e no Anexo do Buriti, sala 1600

Com informações da Agência Brasília

Mapa do Site Dúvidas frequentes Comunicar erros